REABILITAÇÃO FÍSICA PARA CRIANÇAS

A fisioterapia e a terapia ocupacional, associam-se à pediatria, intervindo junto a crianças e/ou adolescentes com alterações diversas a nível do desenvolvimento psicomotor, deficiências ou síndromes específicos que impossibilitem a sua máxima independência e funcionalidade. Ambas as áreas centram-se numa abordagem holística, baseando a sua intervenção em actividades lúdicas, sociais, físicas e cognitivas, tendo em consideração o movimento normal e promovendo um correcto neurodesenvolvimento.

Estimular a criança/adolescente para uma maior integração/participação com a sua família, sociedade e meio escolar é uma constante, sendo, para isto, fundamental atuar com o apoio dos pais e educadores, atendendo as suas necessidades, desde as mais básicas até às mais específicas, do recém-nascido até à adolescência.

Após a identificação das áreas de disfunção e delineação dos objectivos terapêuticos, a criança/adolescente é envolvida num programa estruturado e específico de actividades significativas para si. No caso particular das crianças, e considerando que o Brincar é o meio privilegiado para estimular competências específicas em cada estádio de desenvolvimento, é através deste que o fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional ajudam a criança a lidar com as exigências do contexto e a ser funcional e independente no mesmo.

É importante ressalvar que estes profissionais utilizam técnicas diferenciadas, proporcionando um tratamento ajustado e integrado ao universo infanto-juvenil. Nesta linha, todos os recursos utilizados são direccionados para a criança/adolescente e, todo o trabalho da fisioterapia e terapia ocupacional não é isolado por si só, está, pois, associado ao apoio da família e de vários profissionais que actuam, através de uma equipa multidisciplinar de acordo com as necessidades e especificidades da criança/adolescente.

 

 

 

 

 

 

 MARQUE CONSULTA

Dra. Ana Isabel Aspeçada

Dra. Sara Simas